Portal Rodonews GVR - As principais notícias das estradas paulistas

Sabado, 25 de Maio de 2024

Rodovia Fernão Dias - SP

Arteris Fernão Dias registra o dobro de acidentes em dias chuvosos

Concessionária dá dicas para evitar acidentes e danos ao veículo durante o período

Redação Rodonews GVR
Por Redação Rodonews GVR
Arteris Fernão Dias registra o dobro de acidentes em dias chuvosos
Imagem: Arteris Fernão Dias
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

De acordo com levantamento realizado pela Arteris Fernão Dias, em dias de chuva, os acidentes costumam ocorrer até duas vezes mais do que em dias ensolarados. No entanto, do total de ocorrências registradas com pista molhada, cerca de 77% dos casos correspondem a acidentes leves, caracterizados pelo choque em barreiras fixas, provocados pela perda de controle do veículo e excesso de velocidade.

Isso ocorre, principalmente, porque com a pista molhada a aderência entre solo e pneus é diminuída. O fenômeno conhecido por aquaplanagem é uma das principais causas de acidentes em dias chuvosos, pois os pneus perdem o contato com o pavimento, a direção fica repentinamente leve, tornando-se muito difícil de controlar o veículo. A aquaplanagem ocorre pelo excesso de água na pista, velocidade demasiada e pneus com profundidade de sulco insuficiente. Mesmo com sistemas de drenagem, presentes em toda rodovia, a aquaplanagem pode ocorrer.

“Em casos de aquaplanagem, o condutor deve segurar firmemente o volante, sem virá-lo, para evitar riscos de capotamento; além de tirar o pé do acelerador e diminuir a velocidade, sem frear bruscamente, pois se as rodas estiverem travadas no momento que voltar o contato dos pneus com a pista, o carro se desgovernará. Além de manter a calma, é claro”, ressalta Edivaldo Braga, gerente de Operações.

Leia Também:

Em casos de chuvas moderadas, é importante reduzir a velocidade, pois na pista molhada é necessário até três vezes mais tempo para frear, em comparação com a pista seca. O ideal é reduzir a velocidade e trafegar com rotação mais alta e manter distância segura do veículo que está a sua frente. Para isso, basta reduzir a marcha, o que dá maior tração e, portanto, estabilidade. “Com a pista molhada, quanto mais rápido o veículo estiver, menor é o controle que o motorista tem sobre o ele”, explica Edivaldo.

Confira outras dicas importantes:

  • Mantenha o pneu em bom estado - os sulcos dos pneus garantem o escoamento da água, evitando assim, a aquaplanagem.
  • Verifique as condições do limpador de para-brisa - de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) o uso do limpador para-brisa é obrigatório sob chuva.
  • Desembace os Vidros - ligue o ar-condicionado e coloque-o na função que joga o ar no para-brisa. Se o veículo não possuir ar-condicionado, ligue o sistema de ventilação ou deixe uma pequena abertura na janela para que o ar circule.
  • Tenha cuidado especial nas curvas - fazer uma curva fechada já demanda atenção especial quando a pista está seca. Fique atento: a velocidade deve ser reduzida antes de começar o seu traçado, nunca durante.
  • Trafegue com o farol ligado - em dias de chuva, os faróis ligados melhoram a visualização dos outros veículos, sobretudo se houver neblina.
  • Use o cinto de segurança - todos os ocupantes do veículo devem usar o cinto de segurança.
  • Em caso de chuva forte, pare o carro - caso o condutor se depare com um volume de chuva acima do normal, o ideal é procurar um local seguro para estacionar o veículo e esperar a chuva diminuir, como postos de serviços ou alguma das 12 bases de apoio da Arteris Fernão Dias ao longo da rodovia.
FONTE/CRÉDITOS: Arteris Fernão Dias
Comentários:

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )